22.2.14

A Desilusão

   



     Tudo começou com um aluno novo na escola,já era meu  segundo ano na escola e primeiro dele,
logo pensei que tinha conhecido o menino que seria o amor da minha vida...

   Queria ter logo ido falar com ele,mais e a vergonha ?, ficava imaginando eu travando toda para falar um simples "Oi"...foi se passando os dias que eu ficava apenas observando ele pela escola,Minhas amigas me falaram o nome e algumas informações sobre o meu ''Boy Cat".



    Lembro ainda como se fosse hoje,era mês do meu aniversário e alguns amigos tinham marcado de ir na sorveteria pra comemorar comigo... e então eu tomei coragem e escrevi uma cartinha pra ele toda fofa e convidando ele pra ir na sorveteria,tá,mais quem entregaria a cartinha ? eu tímida nem nunca tinha falando com ele,então pedi pra um amigo que sempre falava com ele entregar na saída a cartinha.



    No outro dia quando chego na escola todos do ensino médio começam a ficar me olhando,até que um foi conversar comigo e começou a perguntar se eu tava mesmo afim do "Boy Cat",porque eu tinha mandado a cartinha,se eu queria que eles "armassem" pra mim ficar com ele,foi ai que eu comecei a pensar,ele tinha mostrado pros amigos dele, a partir disso percebi quem ele realmente era....


    "Amor é não ter. Inclusive amor é a desilusão do que se pensava que era amor. E não é prêmio por isso não envaidece."
Clarice Lispector